A expansão do palato (logo adiada) e a confirmação da agenesia dentária

No final de janeiro de 2017, aproveitamos que a Ortodontista que colocou a placa palatina de memória da Luisa, Dra. Elizabeth Yamazaki Yeazel estava no Brasil e nos reunimos com ela e com a Dra Cecília Hisamitsu, que foi a profissional indicada pela Dra. Elizabeth, para a expansão do palato da Luisa. 

Dra Cecília trabalha com expansão lenta e placa móvel. Diante do quadro apresentado pela Luisa, sem distúrbio do sono aparente, sem hipertrofia de adenoide que sugerisse apneia obstrutiva do sono e sem mordida cruzada, eu concordei que não havia fundamento para que optássemos pela expansão rápida com placa fixa. 

Após esse contato inicial, nos encontramos novamente poucos dias depois, em 8 de fevereiro de 2017, desta vez no consultório da Dra. Cecília, já para a confecção do molde da placa móvel de expansão do palato. 

Essa consulta foi interessante também por outro motivo, qual seja, a Dra Cecília confirmou que Luisa tinha agenesia dentária. A agenesia dentária é muito frequente na síndrome de Down (https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/eos.12282?fbclid=IwAR1EGfarfugmmQA4EYU6rjYRNuAgPSxJed8caA_Dmo8EE85iY2LYxMDN49Q&) e estudos recentes demonstraram que há questões genéticas envolvidas neste fenômeno: 

Porém, como Luisa tem hipotireoidismo subclínico diagnosticado desde os seis meses de idade e, uma das consequências do hipotireoidismo é o atraso na erupção dos dentes (leia aqui: http://bvs.sld.cu/revistas/est/vol49_2_12/est08212.htm), não dava para definir se Luisa estava com a dentição atrasada por causa do hipotireoidismo, ou se era o caso de ausência de alguns dentes, a agenesia. Aos dois anos e oito meses, a Dra Cecília bateu o martelo – não se tratava de atraso na dentição, mas de agenesia, pois havia a ausência dos dentes centrais inferiores, que são os primeiros a nascer. Há, ainda, de outros pares de dentes posteriores (do fundo) da arcada inferior. 

Como a agenesia tem fundamento genético, não há muito a ser feito a não ser corrigir a mordida, caso a ausência de alguns dentes comprometa a perfeita oclusão maxilar, enquanto se tratar de dentes provisórios (dentes de leite). Quando a dentição permanente surgir, aí sim é possível corrigir a agenesia com próteses ou implantes, para impedir o comprometimento do funcionamento adequado da maxila. Então, quanto a este ponto, por enquanto, só nos resta esperar pela dentição permanente, já que Luisa não apresenta alterações na oclusão. 

E logo após a placa ficar pronta e iniciarmos o uso, em 15 de fevereiro de 2017, Luisa teve duas crises alérgicas sucessivas, com uma distância de pouco mais de uma semana entre elas, uma mais assustadora que a outra. Em ambas, tivemos que correr com ela para a emergência médica e tivemos que lhe dar corticoide, pois todo o seu corpo estava cheio de placas vermelhas. Os olhos, inchados. Foram episódios realmente muito graves e visualmente muito, mas muito assustadores. E com eles veio a necessidade de abandonarmos tudo o que estávamos fazendo e nos focarmos nas alergias alimentares, pois, aparentemente, a primeira das duas crises foi uma violenta reação a caqui. Foi isso mesmo que você leu – caqui. 

Esta foi a placa móvel que Luisa começou a usar em fevereiro:

BDDDBA70-1C81-40FE-8CEE-13D32F6B53C9

 

E com isso suspendemos o projeto expansão do palato por um tempo. Ainda não o retomamos, porque temos sido atropeladas desde então por outras urgências. Mas, sei que terei de fazê-lo em breve. Estou apenas esperando um momento de brisa para tomar fôlego, porque, como disse Guimarães Rosa, 

“O correr da vida embrulha tudo.

A vida é assim: esquenta e esfria, 

aperta e daí afrouxa,

sossega e depois desinquieta.

O que ela quer da gente é coragem” 

E coragem não há de faltar. 

Dra Cecília e Luísa na consulta do início de uso da placa móvel de expansão do palato:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s